Feedback sobre 2° Encontro Pais e Instituto Affetto

07-06-2011 09:17

 

Foi muito legal o encontro, o Walter foi muito pontual, direto ao assunto, trazendo a reflexão de como exatamente a gente fez com os nossos pais e como a gente se sentiria se nossos filhos fizessem a mesma coisa, foi muito tocante ao menos para mim.
 
Quando Walter diz que não sabemos se teremos tempo, nos faz acender a luz vermelha, e entender como a vida é efemêra, amanhã ninguém sabe, e que a flexibilidade é mais fácil que a rigidez...Saber viver, saber relevar, perdoar... Já ouvi dizer que nossa maior prisão é nossa mente, nossos pensamentos fixos, nossa visão de verdade... ficamos presos a isso, a vivências, a traumas, mas existe tantos mundos, tantas verdades, ele alerta para estarmos abertos a novos conceitos, novas formas, novas atitudes...
 
O Walter realmente é usado por Deus, por demonstrar seu amor a familia, a vida, ao ser humano, ao que faz, um exemplo. Ele disse que carregamos coisas, e foi muito revelador isso para mim, pois comecei a refletir algumas atitudes minhas que eu começo a entender. E com certeza a partir de agora vou guardar o que achei bom e jogar fora o que não achei bom.
 
Fiquei muito feliz em ouvir que temos que dar tempo as crianças, às vezes ficar com fome... eu mesmo faço isso e me senti bem, pois acho que estou no caminho certo, intuitivamente comecei a fazer isso a algumas semanas e Isabelli tem ficado mais calma, logo eu consigo comer depois em paz mais tarde, sem ansiedade e todo mundo fica feliz.
 
 
Obrigada por compartilhar momentos da Isabelli, cada dia eu sinto que esta sendo muito bom para ela, muito bom para nós, ela adora ai...Esta bem mais calma, começando a se comunicar, e esta cantarolando muito na língua dela, muito engraçado.
 
Sabe, você não pode imaginar o esforço para irmos a esses encontros, o cansaço toma conta da gente, mas é tão rápido, e ao mesmo tempo tão intenso, que essas terapias trazem muita qualidade de vida para nossas famílias. Vocês são únicas em fazer isso, em nos proporcionar tais momentos, eu relato para amigos e familiares e a maioria sempre elogia e dizem que a Escolinha (vocês) é 'show de bola'.
 
Nunca vou esquecer o dia das mães, a gente segurando aquela boneca, onde tivemos oportunidade de falar de tudo o que sentiamos da infância, da nossa mãe, e ao falar entendemos melhor e acendemos uma chama em nosso coração, quase um resgate dos sentimentos, foi muito bom, as palavras da Simone que não sabemos se faremos a coisa certa para nossos filhos, mas sabemos que tudo poderá ser remediado... Sabe eu estava levando a maternidade como um peso e vocês estão me ajudando a não sentir a culpa, a ver que tudo é mais leve...
 
Parabéns e obrigada, Deus abençõe muito a vocês e suas famílias.
 
beijos
 
Enviado por: Nadia K Kansbock ( Mãe Isabelli Mini-Maternal )
Voltar